As redes sociais como ferramentas de Gestão de Pessoas

Descubra como as redes sociais podem ser utilizadas como ferramentas estratégicas no gerenciamento de equipes

Trocar experiências, compartilhar ideias e expressar opiniões nas redes sociais para muitos é algo cotidiano. Por ser um ambiente informal e livre, as pessoas se sentem à vontade para publicar seus pensamentos, atitudes, crenças e valores; a forma como lidam com o trabalho, com os amigos e com a família; os seus hábitos do dia a dia e, algumas vezes, até segredos inconfessáveis.

Por isso, os perfis nas redes sociais são, geralmente, o reflexo natural do que as pessoas vivem no mundo real. E algumas empresas passaram a utilizar dessas tecnologias e informações como ferramentas estratégicas nos subsistemas e processos de recursos humanos.

Mas como isso deve ser feito? Como as empresas podem utilizar as redes sociais como ferramenta para gestão de pessoas?

O uso das mídias sociais como um recurso para a gestão de pessoas pode acontecer tanto para o recrutamento de novos colaboradores como para implementação de estratégias de comunicação e relacionamento com pessoas já fazem parte do quadro de funcionários da organização. Continue a leitura e confira nossa lista com alguns exemplos de aplicação das redes sociais no ambiente organizacional.

Estratégia de atração e retenção de talentos

Em tempos difíceis, torna-se cada vez mais importante o processo de recrutamento e seleção de profissionais diferenciados para os negócios. E conhecendo o perfil dos profissionais que interessam a uma empresa, é possível monitorar seu comportamento, hábitos, preferências, gostos etc. Produzir conteúdo para atrair sua atenção ou que gere admiração e motive os que já estão numa organização se tornou uma das práticas de algumas corporações na estratégia de atração e retenção de talentos.

“O Google ao publicar um vídeo no YouTube que mostra o quanto seu escritório é divertido, possui benefícios interessantes, como sala de jogos, máquinas de refrigerante e chocolate irrestrito, demonstrando as pessoas felizes, satisfeitas e bem-sucedidas. Ela atrai mais talentos do que imaginamos. E motiva os que já possui.”

Recrutamento e seleção (R&S)

Monitorar ou consultar o perfil dos profissionais nas redes sociais vem se tornando uma prática comum nas empresas. Principalmente perfis de candidatos participantes de processos seletivos. É uma forma de conhecer melhor as suas opiniões, valores e personalidade. Assim, os profissionais de RH encontraram nas redes sociais uma fonte valiosa de informações.

Além disso, head hunters (ou caça-talentos), que antes demandavam de técnicas avançadas e muito tempo para encontrar profissionais especializados ou de difícil acesso nas empresas como gerentes, diretores, VPs, CIOs, CEOs etc, agora podem utilizar redes sociais como o LinkedIn para descobrir e abordar de forma sigilosa esses profissionais, com opções de busca por cargo, por segmento ou pelo nome de uma empresa.

Treinamento e desenvolvimento (T&D)

Várias empresas utilizam suas redes internas ou redes corporativas para publicar apostilas, manuais, vídeos de treinamento de liderança, treinamentos gerenciais, treinamentos de vendas, vídeos demonstrativos e de aplicação de produtos, vídeos contendo uso de ferramentas ou softwares para dar apoio aos treinamentos profissionais individuais ou coletivos. São apenas algumas formas de melhorar a capacitação profissional e disponibilizar fonte de consulta sobre melhores práticas e processos.

Nas redes sociais, por exemplo, é possível que um profissional discuta seus problemas e dúvidas de forma rápida. Isso viabiliza o desenvolvimento de soluções colaborativas em parceria com quem já vivenciou algo similar. Além disso, a empresa pode rapidamente solucionar dúvidas ou responder a questionamentos dos colaboradores sobre os assuntos abordados nos treinamentos.

Gestão do conhecimento

As redes sociais permitem construir conhecimento com a participação de várias pessoas. Com isso, é possível centralizá-lo em um ambiente de forma que novos profissionais, ao ingressarem na organização, possam encontrar, adquirir e contribuir na ampliação e melhoria da informação.

Portanto, as redes sociais podem ser uma excelente ferramenta para manter na organização o conhecimento que pertence às pessoas, mesmo que um dia elas se desvinculem da companhia.

Monitoramento de profissionais e equipes

Outra forma de encontrar informação importante é monitorar perfis de funcionários nas redes corporativas para saber como eles se relacionam com a empresa, com a sua equipe e com seus líderes e subordinados. O objetivo é identificar possíveis oportunidades, monitorar questões relacionadas ao clima organizacional e possíveis conflitos e ainda encontrar soluções e coletar feedbacks.

Além disso, os profissionais do setor de gestão de pessoas podem monitorar tudo o que os funcionários da empresa compartilham nas suas redes, podendo assim ter um melhor desempenho ao elaborar um plano de carreira para uma determinada pessoa, por exemplo.

Acompanhamento sobre o que os colaboradores falam da empresa

Além de utilizar as mídias sociais como uma forma de relacionamento com os públicos externo e interno, os gestores de RH também podem utilizar as plataformas para verificar e monitorar como esses funcionários estão abordando a empresa na internet.

É bastante comum, por exemplo, que funcionários descontentes difamem e falem mal da organização nas mídias. Isso, inclusive, pode ser motivo para demissão por justa causa, pois gera danos para a imagem da empresa.

O mais importante, entretanto, é identificar oportunidades de diálogo com o colaborador.

Comunicação interna

Cada vez mais as empresas estão se convencendo de que as estratégias de comunicação interna são tão importantes quanto aquela destinada ao público externo, como fornecedores e clientes. Por esse motivo, os setores de gestão de pessoas das empresas estão cada vez mais envolvidos com as ferramentas tecnológicas da atualidade e mantendo profissionais da comunicação como jornalistas e relações públicas em sua equipe de gestão.

As mídias sociais podem ser utilizadas por esse setor, por exemplo, para a emissão de comunicados, que antes eram feitos em memorandos ou circulares internos. É claro que essas publicações não podem ser feitas de forma pública, pois as demais pessoas não têm interesse ou não podem ter acesso a esse tipo de informação. Mas podem ser criados ambientes fechados para a comunicação interna como grupos dos funcionários no Facebook ou no WhatsApp.

Retenção de talentos

A rotatividade de colaboradores é algo extremamente prejudicial para qualquer empresa. Por isso, criar estratégias para a retenção de talentos é algo que sempre deve ser pensado pelos responsáveis do setor de gestão de pessoas.

E uma boa estratégia para manter os funcionários na empresa pode ser a liberação do uso das mídias sociais em computadores da organização, uma vez que muitas pessoas têm prazer em acessar as suas redes. É claro que, após fazer isso, é necessário criar políticas de uso para que não haja exageros.

Essas são algumas das formas de utilizar as redes sociais como ferramentas de Gestão de Pessoas. E então, está pronto para colocá-las em prática na sua empresa? Deixe um comentário no espaço abaixo e conte para a gente as suas expectativas.




#Participe

Seu email, não será publicado.

Você também vai gostar

Por que o monitoramento de redes sociais é tão importante?

Por que o monitoramento de redes sociais é tão importante?

Tão importante quanto se fazer presente nas redes sociais é ter um negócio com foco no monitoramento de redes sociais, para que se possa perseguir os melhores resultados e o impacto de imagem mais positivo junto a seu público-alvo. Na era digital, mesmo se você não tem o desejo de se envolver com mídias sociais para o seu […]

Como fazer meu site aparecer no Google?

Como fazer meu site aparecer no Google?

Uma das maiores frustrações para quem tem um site é não estar bem posicionado no Google. Os primeiros resultados são aqueles que recebem mais cliques e, por isso, não estar ali significa perder muitas oportunidades. Então, a grande questão que fica é: como aparecer no Google e conseguir manter-se no topo? Os motores de busca […]

Instagram Ads: saiba tudo sobre essa modalidade de anúncio

Instagram Ads: saiba tudo sobre essa modalidade de anúncio

As redes sociais têm um papel muito importante no universo do marketing digital e, nos últimos anos, várias empresas vêm aumentando seus investimentos nessa área impulsionando dessa forma seu crescimento e criando novas oportunidades de negócios. Ferramentas como o Facebook Ads, Twitter Ads, LinkedIn, Google Adwords, entre outras, já são bastante utilizadas em estratégias de […]

© Agência Surf Marketing Digital